Arquivo mensal: agosto 2016

Divulgação de conteúdo: uma forma eficaz (e com baixo custo) de fortalecer o vínculo entre o escritório e seus públicos

Por Juliana Leão

A atuação do seu escritório foi reconhecida por uma publicação de renome, seu sócio acabou de publicar um livro sobre um tema relevante, sua equipe acaba de sair vitoriosa de uma operação importante… O que a sua banca tem feito com estas informações? Divulgado na reunião dos sócios? Pois saiba que trabalhar a divulgação do conteúdo referente ao seu escritório e às áreas em que ele atua é fundamental para a construção e estabelecimento de uma marca forte. Conteúdo de qualidade, que gera interesse e traz informações relevantes para o seu público-alvo, ajuda a criar vínculos com os clientes – internos e externos – e posicionar sua marca. Vamos por partes:

Público interno

Na ansiedade de transmitir uma informação ao cliente, o público interno acaba, muitas vezes, em segundo plano. No entanto, é importante que seus funcionários estejam bem informados sobre tudo que acontece no escritório e, também, tenham fácil acesso a conteúdo que os ajudem nas suas tarefas diárias. Alguns (bons) motivos:

  • Os funcionários são parceiros e, quanto mais bem informados , mais envolvidos com o escritório e comprometidos com suas metas eles estarão. A divulgação de conteúdo ajuda na integração e no sentimento de pertencer. Imagine por exemplo, o quão frustrante pode ser ao funcionário que descobre uma informação sobre o escritório através da imprensa.
  • Colaboradores são também porta-vozes do seu escritório e, certamente, podem auxiliar na divulgação de informações relevantes. Por isso, é muito melhor evitar a famosa “radio peão” e sempre optar por transmitir informação clara e direta.
  • Além disso, seu escritório está inserido em um mercado altamente competitivo. Desta forma, quanto melhor informada a sua equipe estiver, mais passos a frente de seus concorrentes sua banca estará. Neste cenário, conteúdo relevante faz toda a diferença.

Público externo

São inúmeras as formas e ferramentas para divulgar conteúdo para a imprensa, clientes e parceiros de negócios. O ideal é realizar um planejamento prévio, preferencialmente com assessoria de um professional da área de comunicação, que poderá ajudar a definir os conteúdos de relevância, orientar sobre os diferentes formatos e linguagens para cada tipo de mídia, além de elaborar a melhor estratégia de divulgação. Divulgar por quê?

  • Fortalece o vínculo com o cliente externo, através de fornecimento de conteúdo de interesse e relevante, que o auxilie no dia a dia. Vale lembrar que esta relação benéfica pode ser estabelecida com investimentos relativamente baixos, por meio das mídias sociais, blogs e newsletters, por exemplo.
  • Aumenta a visibilidade do seu escritório: através da imprensa, por exemplo, ou como resultado nos motores de busca da web, demonstrando o conhecimento e autoridade em determinado assunto.
  • Gera uma percepção positiva da sua marca além de vantagem competitiva, já que as pessoas possuem uma maior probabilidade de fazer negócios com marcas que conhecem e gostam, do que com marcas desconhecidas.

Estes são apenas alguns exemplos de como fazer uma boa divulgação de conteúdo é sempre um bom negócio para seu negócio.

Juliana Leão é consultora da Markle Comunicação e especialista em Marketing Jurídico.

Sobre a Markle

Somos a única agência realmente especializada em marketing jurídico, tendo como diferencial um time de consultores com mais de 10 anos de experiência em departamentos de marketing e comunicação de renomados escritórios de advocacia full service.

Realizamos implantação de programa de relacionamento com o cliente, gestão de mailing e CRM, projetos de fidelização, pesquisas de satisfação com clientes, fornecedores e de imagem com pares e formadores de opinião.

Para obter mais informações sobre outros serviços na área de marketing jurídico, siga a página da Markle Comunicação e Marketing Jurídico no LinkedIn e acesse o nosso Blog.

Também estamos com visual novo! Nosso site foi totalmente repaginado. Faça uma visita e confira: http://www.markle.com.br

 

Indicação de escritório de advocacia | Tem certeza de que seu cliente está com você?

Você acredita que qualquer um de seus clientes recomendaria seus serviços? Cuidado.

Por Tatiana Cintra*

Li recentemente uma pesquisa da agência americana BTI Consulting Group sobre recomendações de escritórios nos Estados Unidos. E espantosamente, apenas 40,1% dos gestores jurídicos de grandes empresas afirmaram que recomendariam aos seus pares o escritório de advocacia principal que os atende hoje.

Esse é um dado assustador. Por quê mais da metade dos clientes disseram que não indicariam seu escritório de advocacia atual? O quanto o trabalho jurídico, que tem sido realizado, está apenas ok e não maravilhosamente eficiente e encantador para os clientes?

Impressiona que um dos ativos considerado entre os mais relevantes para os profissionais do meio jurídico direito no mercado: a recomendação dos serviços, sinônimo de mais trabalho e novos negócios, esteja tão aquém do que os escritórios de advocacia acreditam.

E a resposta para essa baixa tem um grande fator como responsável: a maioria dos escritórios simplesmente não possui um trabalho efetivo de relacionamento com o cliente, de feedback constante sobre o trabalho e atendimento, principalmente para clientes que realizem solicitações de trabalhos pontuais.

Mas o que os escritórios podem fazer para reverter essa situação? Algumas recomendações:

  • Peça sempre feedback sobre o seu desempenho e de forma igualitária para novos e antigos clientes
  • Abrace novas métricas de atendimento ao cliente. Estabeleça metas de desempenho para si e para o escritório
  • Mude a forma como entrega os serviços, passe a ressaltar o valor do trabalho realizado e o atendimento personalizado das demandas
  • Antecipe-se trazendo ao cliente demandas que impactem em seu negócio, como discussões de novas leis e decisões que possam virar jurisprudência
  • Invista tempo em entender o negócio do seu cliente e aprenda a definir metas que correspondam ao que cliente espera
  • Demonstre claramente ao cliente (com dados) as melhorias no atendimento que tenham sido realizadas ano a ano

Vivemos em um mundo onde os clientes esperam ver que seus escritórios de advocacia estejam em busca de melhorias – o tempo todo. E cada vez mais, cresce o número de escritórios de advocacia que adotam programas de relacionamento com o cliente, buscando trazer a experiência de excelência no atendimento.

Você e seu escritório estão fazendo o mesmo ou engrossam a lista dos 59,9% não recomendados?

 Tatiana Cintra é consultora da Markle Comunicação e especialista em Marketing Jurídico.

Sobre a Markle

Somos a única agência realmente especializada em marketing jurídico, tendo como diferencial um time de consultores com mais de 10 anos de experiência em departamentos de marketing e comunicação de renomados escritórios de advocacia full service.

Realizamos implantação de programa de relacionamento com o cliente, gestão de mailing e CRM, projetos de fidelização, pesquisas de satisfação com clientes, fornecedores e de imagem com pares e formadores de opinião.

Para obter mais informações sobre outros serviços na área de marketing jurídico, siga a página da Markle Comunicação e Marketing Jurídico no LinkedIn e acesse o nosso Blog.

Também estamos com visual novo! Nosso site foi totalmente repaginado. Faça uma visita e confira: http://www.markle.com.br

Escritório de advocacia: como obter sucesso e seguidores no Facebook

Por Fernando Nieto

Dando continuidade ao último artigo, seguiremos apresentando dicas práticas de como potencializar o uso das 3 principais redes sociais existentes: Twitter, Facebook e LinkedIn. Hoje, falaremos sobre o Facebook:

  1. Ao se cadastrar, preencha o perfil completo.

A página do Facebook oferece um incrível nível de detalhes e de informações. Existem empresas que já utilizam sua página como site principal. Para maximizar suas chances de ganhar o maior número de fãs possível, você precisa começar preenchendo seu perfil, não esquecendo de adicionar site, localização, telefone e e-mail de contato – todos essenciais para que o seu perfil seja encontrado via ferramentas geográficas e de pesquisa.

Faça o upload de uma foto de perfil e de capa.

Crie aos menos 5 atualizações para que haja conteúdo na sua página antes de começar a convidar seguidores.

  1. Convide amigos, conhecidos e a equipe do escritório para curtir a página e peça para que eles compartilhem em seus perfis pessoais divulgando a fanpage do escritório para seus contatos. O compartilhamento é muito importante para aumentar o alcance do perfil.

Ao conseguir pelo menos 25 fãs (pessoas conectadas à sua página), você pode criar uma url própria: por exemplo www.facebook.com/seuescritorio, e ter acesso as métricas oferecidas pelo Facebook para as fanpages.

  1. Compartilhe seu perfil através de outras redes ou via e-mail. Exemplo: Caso já tenha uma conta no Twitter, faça um tweet de sua página do Facebook para seus seguidores avisando que você agora tem uma conta por lá e pedindo para que eles te sigam.
  1. Adicione um botão de siga-nos no Facebook nos informativos e na assinatura de e-mail.

O Facebook oferece seis opções de botões que você pode usar para ajudar os leitores e visitantes a seguir a sua conta:

  • Botão Salvar
  • Curtir, Compartilhar, Enviar e Citações
  • Publicações incorporadas e player de vídeo
  • Plug-in de Página
  • Comentários
  • Botão Seguir

O botão “Curtir” seria a melhor alternativa. O botão “Seguir”, apesar de soar atraente, funciona melhor para quem busca oferecer às pessoas a oportunidade de seguir ao invés de atrair quem quer ser fã e amigo do escritório.

Para o botão “Curtir” você pode introduzir a sua página do Facebook e editar o botão para que mostre os rostos das pessoas que já curtem a fanpage.

O botão “Seguir” é o meio mais direto de ganhar novos seguidores. Você pode colocá-lo em um lugar bem visível do seu site ou blog.

  1. Postar periodicamente até duas vezes por dia. Estudos sobre o Facebook indicam que os comentários, compartilhamentos e curtidas dos posts começaram a cair a partir do 3º.
  2. Selecione assuntos relevantes aos seus seguidores evitando conteúdo dirigido a apenas um único público. Por exemplo: postar foto da integração, do happy hour ou “bolo dos aniversariantes” só interessa aos colaboradores.

E lembre-se: Qualquer rede social é sempre imprescindível ser atuante, trazer discussões, compartilhar bons assuntos. Interagir, sem ser invasivo, é a palavra de ordem.

No próximo artigo algumas dicas sobre como otimizar e aproveitar o melhor do LinkedIn.

Para obter mais informações sobre marketing jurídico siga a página da Markle Comunicação e Marketing Jurídico no LinkedIn e acesse o nosso Blog.

Também estamos com visual novo! Nosso site foi totalmente repaginado. Faça uma visita e confira: http://www.markle.com.br

%d blogueiros gostam disto: