Como os escritórios de advocacia podem utilizar a análise SWOT para auxiliar no planejamento do negócio

Por Juliana Leão*

swot

A Análise SWOT é a base para o desenvolvimento de qualquer plano de marketing. E, mesmo que seu escritório ainda não deseje ou não tenha condições de desenvolver um neste momento, a análise pode ser feita mesmo assim e, certamente, auxiliará sua banca na tomada de decisões mais acertadas em relação ao rumo dos negócios.

Neste artigo, vamos apresentar de forma clara e sucinta os quatros pontos (pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças) desta análise que, na verdade, são relativamente simples, mas exigem sinceridade na avaliação dos cenários e estratégia para traduzir estes pontos mapeados em ações no dia a dia.

Pontes fortes

São aqueles que fazem parte do seu escritório e de seus profissionais, e não dependem dos fatores do mercado ou de forças externas. Neste ponto devem ser considerados fatores como:

  • Conhecimento (experiência, qualificação do staff, reputação do escritório, know how, etc),
  • Capital humano,
  • Base de clientes,
  • Posicionamento de marketing,
  • Recursos financeiros,
  • Canais de distribuição, entre outros.

Fraquezas

Assim como os pontos fortes, todos os escritórios também possuem pontos fracos, e é importante ser honesto em relação a eles justamente para buscar melhorias para anula-los ou, ao menos, ameniza-los.

Os pontos fracos também são inerentes à banca e podem ser:

  • Deficiência no capital humano,
  • Margens apertadas de lucro,
  • Fraco posicionamento de marketing,
  • Canais de venda limitados,
  • Pouca variedade no mix de produtos e serviços, entre outros.

Oportunidades

Por sua vez, são externas a organização, e existem independente da dinâmica interna do escritório. Podem ser:

  • Novos mercados,
  • Preferências do consumidor,
  • Alianças estratégicas,
  • Parcerias,
  • Novos canais de distribuição, entre outros.

Ameaças

São forças negativas que afetam a saúde, a lucratividade ou até mesmo a existência do seu escritório. As ameaças podem ser internas também, mas geralmente são externas à organização. Podemos considerar, por exemplo:

  • Cenário econômico nacional e internacional,
  • Decisões governamentais,
  • Recursos financeiros limitados por parte das empresas público-alvo,
  • Mudanças de sistemas tecnológicos, entre outros.

Após o levantamento de todas estas informações e debates entre os sócios, ficará mais fácil tomar algumas decisões de negócio, que serão mais consistentes pois estarão embasadas neste quatro pilares fundamentais.

Em conclusão, a metodologia da análise SWOT é prática e extremamente útil, e pode inclusive ser utilizada para os clientes na condução de processos judiciais, sejam eles consultivos ou contenciosos.

Juliana Leão é consultora da Markle Comunicação e especialista em Marketing Jurídico.

Sobre a Markle

Somos a única agência realmente especializada em marketing jurídico, tendo como diferencial um time de consultores com mais de 10 anos de experiência em departamentos de marketing e comunicação de renomados escritórios de advocacia full service.

Realizamos implantação de programa de relacionamento com o cliente, gestão de mailing e CRM, projetos de fidelização, pesquisas de satisfação com clientes, fornecedores e de imagem com pares e formadores de opinião.

Para obter mais informações sobre outros serviços na área de marketing jurídico, siga a página da Markle Comunicação e Marketing Jurídico no LinkedIn e acesse o nosso Blog.

Também estamos com visual novo! Nosso site foi totalmente repaginado. Faça uma visita e confira: http://www.markle.com.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: