Arquivo da tag: rede

Twitter: como divulgar seu escritório usando apenas 140 caracteres

O twitter é um “microblog” que promove a interação social. Os usuários compartilham informações através de mensagens curtas (140 caracteres), determinam os Trend Topics, assuntos mais populares, e dividem interesses comuns pelas hashtags. A rede é utilizada para compartilhar experiências e obter informações sobre assuntos relevantes.

Atualmente, as empresas utilizam o Twitter para divulgar suas atividades e serviços para clientes. Os escritórios de advocacia também participam da rede com o mesmo intuito.

Para obter sucesso no twitter os escritórios devem publicar conteúdo voltado para os clientes e não apenas noticias e informações sobre suas atividades e as atividades de seus advogados. As publicações devem focar em links para matérias, artigos e pesquisas relevantes para a indústria em que o cliente está inserido ou divulgar eventos e oportunidades de mercado que adicionem valor a esse público.

Ao divulgar as atividades do escritório é possível publicar artigos dos advogados, operações concluídas, causas ganhas, prêmios recebidos, entre outras informações.

Manter a frequência dos posts é importante para estar constantemente na timeline de quem segue e acompanha o perfil, aumentando assim a visibilidade na rede.

O re-“twett”, conhecido popularmente como RT, é mais uma opção para os escritórios que desejam manter a página atualizada. Através de updates de outras contas do twitter eles podem alimentar a página e diversificar o tipo de conteúdo divulgado. Por isso é importante seguir contas que publicam conteúdo relevante, pois essa informação pode ser reutilizada.

O twitter também permite que os usuários publiquem fotos. Os escritórios podem usar a ferramenta para divulgar imagens de eventos e seminários jurídicos.

Participar de grupos de discussão do twitter ligados ao meio jurídico, onde existem clientes potenciais, pode ser positivo para o negócio, pois ao participar de uma discussão promovida pelos usuários, o escritório pode ser percebido como relevante profissionalmente. Além disso, eles podem usar as informações disponíveis para obter novas ideias e insights úteis para a prática de seus serviços.

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , ,

Redes sociais e os escritórios de advocacia

As redes sociais são usadas por empresas para fazer propaganda de seus serviços a fim de conquistar e fidelizar clientes, mas ainda existe hesitação por parte das grandes corporações em participar de comunidades na Internet. Podemos observar um comportamento parecido ao das empresas entres os escritórios de advocacia. A empresa LexisNexis realizou uma pesquisa que mostra a importância das redes para o plano de marketing de escritórios americanos. O estudo afirma que 81% dos participantes utilizam às redes sociais como ferramenta de marketing e que 10,1% planejam aderir as rede dentro de seis meses. A pesquisa constatou que a maioria dos participantes consideram as redes sociais parte importante de sua estratégia de divulgação.

Se forem utilizadas de maneira eficaz, as redes sociais podem ser uma excelente ferramenta para escritórios e advogados. De acordo com um relatório de Inteligência ALM Legal lançado em fevereiro de 2012, atualmente 20% dos escritórios de advocacia possuem um especialista em redes sociais na equipe; cerca de 40% afirmaram que iniciativas nas redes sociais e blogs têm ajudado a captar novos clientes. 179 pessoas entre advogados, sócios e relações institucionais participaram da pesquisa.

Antes de criar uma rede social, os escritórios devem ter uma estratégia. É fundamental programar o conteúdo que será publicado. Além do conteúdo, os escritórios precisam definir o porquê da sua participação nas redes, quais são as mais indicadas e qual o público alvo. Os escritórios também devem estar atentos às restrições do Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil que proíbe utilização de ferramentas para fazer publicidade direta. Para evitar problemas com a OAB, os escritórios devem publicar apenas pesquisas, relatórios, notícias sobre decisões judiciais publicadas na mídia, informações de mercado e de interesse dos seguidores. É fundamental prestar atenção para não colocar comentários ofensivos ou controversos e informações confidenciais dos clientes. Para evitar erros como os listados acima é importante que os escritórios tenham um funcionário responsável pelo conteúdo, que monitore todas as informações publicadas e recebidas.

Etiquetado , , , , , , , , , ,
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: