Arquivo da tag: Social Networking

Qual a rede social mais indicada para os escritórios de advocacia?

Existem diversas redes sociais disponíveis para a divulgação dos escritórios, mas como saber qual é a rede adequada para divulgara sua banca? Abaixo apresentamos cada uma delas, suas características e as vantagens que proporcionam de acordo com o perfil de cada escritório.

LinkedIn:

O LinkedIn é uma rede social de negócios focada no desenvolvimento de relações profissionais, onde os escritórios podem desenvolver o marketing B2B (feito de empresa para empresa). A rede promove o compartilhamento de experiências corporativas e conquistas profissionais, para assim gerar negócios e criar oportunidades. É o ambiente prefeito para a divulgação de escritórios e advogados que prestam serviços para empresas (pessoa jurídica) e almejam divulgar informações relevantes para diretores jurídicos e C-levels.

Facebook:

O Facebook é uma plataforma utilizada tanto por pessoas físicas quanto pessoas jurídicas. Apesar de não ser uma rede voltada apenas para negócios ela também pode ser utilizada para o B2B. O ideal é criar uma estratégia específica, menos comercial e mais pessoal, e evitar apenas replicar os posts publicados na Company Page do LinkedIn. Para os escritórios que atendem apenas empresas a Fan Page é bastante indicada para o desenvolvimento do branding. O artigo Facebook vs. LinkedIn: Which Is Better for B2B Marketing?criado pela Element Threeapresenta uma ótima análise sobre as principais diferenças do marketing B2B  no LinkedIn e no Facebook.

Twitter:

O twitter é um “microblog” que promove a interação social. Os usuários compartilham informações através de mensagens curtas (140 caracteres), determinam os Trend Topics, assuntos mais populares, e dividem interesses comuns pelas hashtags. Para obter sucesso no twitter os escritórios devem publicar conteúdo voltado para os clientes e não apenas noticias e informações sobre suas atividades e as atividades de seus advogados. De acordo com o artigo How can law firms use Twitter for business development?é uma ótima plataforma para demonstrar conhecimento profissional e posicionar-se como um especialista e líder em sua área de atuação. O re-“twett”, conhecido popularmente como RT, é mais uma opção para os escritórios que desejam manter a página atualizada. Através de updates de outras contas é possível alimentar a página e diversificar o tipo de conteúdo divulgado.

Instagram:

O Instagram é basicamente uma plataforma baseada em imagens. Os usuários postam fotos ou vídeos curtos acompanhados de legendas ou hashtags. Apesar de ser uma rede social popular a audiência e comportamento (maioria de mulheres e jovens) não representam a melhor oportunidade de investimento para os escritórios de advocacia. As exceções podem incluir bancas que concentram-se na geração dos millennials, ou aqueles que por acaso têm acesso a excelentes fotógrafos ou designers gráficos. É claro que os escritórios de advocacia com grandes orçamentos não devem hesitar em investir em um plano de marketing para o Instagram, mas as bancas que não têm orçamento e tempo devem descartar essa plataforma.

YouTube

O YouTube é uma rede de compartilhamento de vídeos. O vídeo é uma das opções de marketing de conteúdo que mais cresce e gera maior engajamento nas redes sociais, no entanto, também é muito fácil errar ao utilizar o vídeo. Para os escritórios de advocacia a produção dos vídeos pode significar um grande desafio. A qualidade é fundamental, por isso é muito importante contratar um profissional experiente para criar, produzir e editar as imagens. Vídeos caseiros podem gerar o efeito oposto. Outro fator relevante é a linguagem utilizada, ela deve ser acessível. Os vídeos devem ser curtos e objetivos. No YouTube a periodicidade também é importante para gerar fidelização do público, pois quanto maior o número de seguidores, maior será a relevância do seu canal na plataforma.

As redes sociais demandam tempo, dedicação para a produção de conteúdos específicos e a criação de estratégias alinhadas aos objetivos de cada escritório. Atualmente a presença online é fundamental e indispensável, mas sem planejamento não produzirá o retorno almejado, portanto avalie qual é a mais adequada antes de criar as contas. Uma página mal alimentada pode ser um tiro no pé.

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Redes sociais para advogados. É mais fácil do que parece!

Hands emerging from LCD computer monitors and exchanging business cards

Conteúdo, conteúdo, conteúdo. Crie conteúdo de qualidade e publique nas redes sociais. Não perca tempo. Publique logo e sempre. Muitos advogados acham que a Internet e as redes sociais são irrelevantes e que precisam focar apenas no trabalho do escritório e nas demandas dos clientes. A maioria está na frente do computador fazendo as mesmas coisas há décadas: criando documentos e peças e comunicando-se com clientes, perspectivas e outros advogados. Porém, atualmente, a comunicação é feita na Internet. Você deseja divulgar que é um advogado competente? Crie conteúdo de qualidade e publique em todas as redes sociais disponíveis. Você não precisa participar de um seminário sobre marketing online para usar as ferramentas disponíveis. Seja Proativo. Leia, aprenda e aja. É mais fácil do que parece!

Etiquetado , , , ,

Twitter: como divulgar seu escritório usando apenas 140 caracteres

O twitter é um “microblog” que promove a interação social. Os usuários compartilham informações através de mensagens curtas (140 caracteres), determinam os Trend Topics, assuntos mais populares, e dividem interesses comuns pelas hashtags. A rede é utilizada para compartilhar experiências e obter informações sobre assuntos relevantes.

Atualmente, as empresas utilizam o Twitter para divulgar suas atividades e serviços para clientes. Os escritórios de advocacia também participam da rede com o mesmo intuito.

Para obter sucesso no twitter os escritórios devem publicar conteúdo voltado para os clientes e não apenas noticias e informações sobre suas atividades e as atividades de seus advogados. As publicações devem focar em links para matérias, artigos e pesquisas relevantes para a indústria em que o cliente está inserido ou divulgar eventos e oportunidades de mercado que adicionem valor a esse público.

Ao divulgar as atividades do escritório é possível publicar artigos dos advogados, operações concluídas, causas ganhas, prêmios recebidos, entre outras informações.

Manter a frequência dos posts é importante para estar constantemente na timeline de quem segue e acompanha o perfil, aumentando assim a visibilidade na rede.

O re-“twett”, conhecido popularmente como RT, é mais uma opção para os escritórios que desejam manter a página atualizada. Através de updates de outras contas do twitter eles podem alimentar a página e diversificar o tipo de conteúdo divulgado. Por isso é importante seguir contas que publicam conteúdo relevante, pois essa informação pode ser reutilizada.

O twitter também permite que os usuários publiquem fotos. Os escritórios podem usar a ferramenta para divulgar imagens de eventos e seminários jurídicos.

Participar de grupos de discussão do twitter ligados ao meio jurídico, onde existem clientes potenciais, pode ser positivo para o negócio, pois ao participar de uma discussão promovida pelos usuários, o escritório pode ser percebido como relevante profissionalmente. Além disso, eles podem usar as informações disponíveis para obter novas ideias e insights úteis para a prática de seus serviços.

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , ,
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: